17 de nov de 2013

Chuva (...)


Ao olhar as gotas de chuva escorrendo na janela,
Lembro do meu coração se despedaçando em lágrimas...
Dia frio, dia cinza.
As horas voam, e não esperam eu hesitar.
Sim, preciso me levantar.
Forças? São mínimas.
Meus pensamentos vazios, cheios de você apenas.
Eu não queria, nunca quis e nem quero...
Mas o sentimento não me deixa desistir.
É ele quem me controla, quem dita o meu eu.
Inexplicavelmente, a emoção não me deixa ouvir a razão.
A consequência é essa dor de te amar, e simplesmente não ser compreendida.
É cuidar, quando nem de mim eu cuido mais.
É sentir e saber que não sou sentida.
É ir e ter a plena certeza de que você não irá.
Visivelmente, meu impulsos falam mais que minhas palavras.
Preciso recolher-me.
Só me resta ficar aqui, olhando aquelas gotas na janela,
Que representam as lágrimas do meu coração.
Ainda chove, ainda é dia,
Ainda frio e cinza...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog Personalizado - Blog Tweed - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thaís Oliveira.
Tecnologia do Blogger.