27 de jan de 2014

A Praia (...)


O barulho das águas,
Silenciava-me.

Respirava fundo,
Respirava paz.

Brisa suave,
Que trazia sentido novo à vida,
E sopravam pra longe,
As marcas deixadas no coração.

Deixei ali os medos,
Meus erros, tudo que me pesava.

Sobre os finos grãos de areia,
Eu escrevi o início de uma nova história.

Naquela praia, pedi ao tempo
Que ele me refizesse por inteiro.
E a partir do meu sim, aconteceu.

Renovei-me,
Libertei-me...

O barulho das águas,
Marcaram o reinício...

25 de jan de 2014

Mantenha-se Firme (...)


Durante o caminhar,
Nossa batalha é árdua.

Existem situações,
Que fazem você querer largar o barco,
E ir em um outro rumo, desconhecido.
Se perder.

Existem pessoas,
Que vestem máscaras,
E fingem ser a sua salvação,
Quando na verdade,
Estão prontas para lhes dar,
Um golpe fatal.

Porém é preciso coragem.
Dizer sim ao impossível,
Encarar o medo.

As pessoas e as situações,
Vão se transformando mero detalhe,
Diante de tua força.

E sim, o cara lá de cima,
Sabe da sua luta, e vai te proteger.

Enquanto isso,
Aqui embaixo, continue caminhando.



23 de jan de 2014

Vivendo a Vida (...)


Cada capítulo, 
Uma surpresa, 
Uma descoberta,
Talvez, a incerteza.

Um suspiro,
E tudo pode mudar.
Abrir os olhos,
Já é o início do novo.

Não adianta inventar.
A vida dá um jeito de reinventar.
Mais cedo ou mais tarde,
Você verá essa verdade.

Moldar-se é o verbo diário.
Tirar lições de cada situação que se vive.
Seja pra continuar certo,
Ou começar a fazer certo.

Aproveitar, é a palavra de ordem,
Mesmo que o dia te vire do avesso.
E sabe, vai que o avesso te faça bem?
Faz abrir um sorriso, da forma
Como saiu em disparada, atrasada.
E como é bom dar risada disso.

Enfim, 
Eu nunca sei se estou certa,
E nem me preocupo.
Só sei que vou,
Ao avesso, ou do lado direito,
Moldando-me, e aproveitando.

Com esse meu jeito imperfeito,
Como qualquer ser...

21 de jan de 2014

Reconstruindo (...)

Se imaginasse o tamanho,
Do meu sorriso,
Quando vejo uma foto tua,
Jamais teria batido aquela porta.

Se escutasse meu coração,
Ao ouvir sua voz,
Jamais se calaria.

Queria que ouvisse
Minhas palavras agora.
As mudanças refletem nela.

Queria que me olhasse,
A verdade desses olhos,
Ao dizer-lhe o que sinto.

Mas enfim,
Sempre se paga,
O preço do tempo.

Não esperar,
Ou esperar de mais.

Só sei que errei,
E quero renovar-me.
Mas não sozinha.

Renove-se comigo.
Eu preciso apenas de você.
Vem meu amor...

Vem Andar Comigo ~ Jota Quest








15 de jan de 2014

Novo Ser (Versão 1.6)

Me transformo,
Pinto e bordo,
Faço o que tiver vontade.
Mas nunca esqueço do meu anel de coco.

Sou uma mistura de sensações,
Que se molda a cada amanhecer.
Mas não abandono, quem me faz feliz.

O meu espelho pequeno,
Minha sapatilha velha,
Meu violão,
Meus pequenos detalhes.
A eu de sempre.

Meu pensamento que voam,
Minhas percepções,
Formas de ver o mundo.
A nova eu...
Que a partir de hoje,
Se veste na nova era.

Bem vindos 1.6!



13 de jan de 2014

A voz (...)

Os sons do vento,
Naquele dia de sol,
Traziam a sua paz.

Aquele instante foi o meu porto seguro,
Tudo o que eu precisava.
Minha alma gritava socorro.
E foi ouvida pelo amor.

O dia ficou marcado.
Leveza e mansidão me envolviam.
E os sons daquele vento jamais saíram,
Dos meus ouvidos.
Era o som da sua doce voz,
À me dizer 'eu te amo'.








7 de jan de 2014

Conclusões (...)

Momentos passam,
E deixam lembranças.

O que vivemos não foi em vão,
E jamais será esquecido.
Cada sorriso, cada palavra,
Cada carinho.
Guardo em meu eu, com ternura.

Nada nessa vida é por acaso.

Não me arrependo da nossa história,
Fui feliz e colhi as lições. 
Amar nem sempre é ter razão.
Amar é sentir, e ir levada pelo sentimento.
Amar não precisa do esforço, 
E sim da verdade.
Amar não é apenas o calor de um beijo,
E sim a pureza de uma troca de olhares inocente,
Enquanto seu coração bate aceleradamente.
Foi com você que aprendi tudo isso.

Nem tudo é pra sempre

Passaríamos o resto da vida,
Desfrutando desse amor, dessa nossa fase.
Enfim, você quis seguir seu caminho.
Não tive escolha, e segui o meu também.
Mas eis que o tempo jamais pára,
E não significa que foi o fim.
Sei que no fundo do seu coração,
Existe meu eu,
E no fundo do meu coração,
Existe o seu eu.

Porém a vida continua...

4 de jan de 2014

Perdão (...)

Alívio das dores,
Conforto à alma,
E do coração.

O quão importante é o perdão!

Renascem as flores entre as pedras,
Sela o amor e a verdade
Entre criaturas.

Veja o quão precioso é o perdão!

Quebra as barreiras,
Faz esquecer o orgulho,
Abrir a mente.

Veja o quão divino é o perdão!

Mesmo que lhe custe o ego,
Perdoe.
Por mais sofrida seja a dor,
Perdoe.
Mesmo que não estando feliz,
Perdoe.

Eu sei não é simples, 
Como o abrir dos olhos,
Mas que tal tentar?
Depois divida comigo a grande dádiva.

Verás: o perdão é a chave para a paz!

Viva a vida, menina (...)


Extravase,
Liberte-se,
Encontre-se,
Ame-se.

A vida é uma só.

Esteja presente,
Faça valer,
Vá em frente.

A chance é única.

Solte os cabelos,
Sinta o vento,
Deixe que ele te abrace.

Acorda menina!

A vida é uma só,
A chance é única,
E o tempo voa rápido demais,
Pra você ser só mais uma no mundo.

Viva a Vida!

1 de jan de 2014

Um novo capítulo (...)

                                                                                   As páginas estão em branco,
Uma nova fase começa.

Coração feliz,
Cheio de planos.
Em um outro horizonte.

Hora de escrever a nova história.

Passado trancado a sete chaves,
Amores que frustraram,
Pessoas que magoaram.
Tudo foi perdoado.
Passou.

A vida recomeça.

Renova-se a esperança,
A fé de que tudo vai ser diferente,
Ao nosso incessante querer.

As páginas estão em branco,
É um novo capítulo,
Mais uma grande chance de ser feliz...



© Blog Personalizado - Blog Tweed - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thaís Oliveira.
Tecnologia do Blogger.