31 de out de 2013

Conheça-se (...)


No silêncio do meu quarto,
Numa madrugada qualquer,
Respiro fundo, e consigo enfim notar em mim.
Enxerguei certas coisas.

No vai e vem da vida, talvez tenha me abandonado.
Talvez o agir, falou mais alto do que o pensar.
Talvez eu entreguei o amor que tinha, e esqueci de me dar carinho.
Deixei de cuidar do meu interior.
A mente deixou de lado.
O corpo sentiu.
O coração se feriu.
E a consequência, é o vazio.
O silêncio.
A consciência que gritava.

Esse grito foi mais forte,
Que me deu a direção.
Reconheci minha necessidade de me doar ao meu ser.
A necessidade de se dar valor, de me entender.
Alívio.
No mesmo quarto, no mesmo silêncio
Da madrugada, a mesma eu, suspirando esperança.
A sorte da noção.

Às vezes não basta o reflexo do espelho.
É preciso enxergar fundo. Se conhecer a alma,
E entregar-se a você,
E amar à si...







28 de out de 2013

Sopros de Realidade (...)

Muitas vezes temos vários motivos pra sorrir,
E mesmo assim, derramamos lágrimas para meros detalhes.
Por vários momentos na vida, temos mil oportunidades
Pra tomar a decisão que sabemos que nos levará ao caminho certo,
Mas por achar que somos invencíveis, insistimos em apostar no que é errado.
Realmente somos confusos, e muitas vezes incompreensíveis.
Gritar é melhor do que calar-se.
Calar-se é melhor do que expressar o que é bom, por medo.
Somos um emaranhado de emoções,
Nós de incerteza, e de precipitação nos prendem
A essa negatividade.
Precisa-se respirar, inspirar e pensar.
Precisa-se de mais que escutar.
Doar-se, arrepender-se e praticar o que se aprende.
Precisa-se virar a página,
Enxergar novos horizontes.
Transforme em amor o que foi ódio.
Transforme tristeza, em felicidade plena...
Só assim, é que realmente seremos verdadeiros humanos livres!





22 de out de 2013

Que assim seja (...)


Que seja intenso,
Que seja sincero,
Que seja paz,
Que seja brilho...

Que se faça valer cada instante,
Que se faça mais degrau pra vencer...

Que se lute,
Use e abuse do poder de viver,
Extraindo o que é bom...

Realize com fé,
Busque com fé,
Agradeça pelo dia, pela noite,
Pela vitória, pela derrota...

Esteja presente,
Esbanje Deus,
Esbanje amor.
Muito amor!

Você precisa disso pra ser feliz.
O mundo precisa disso,
Pra ser verdadeiramente mundo...



17 de out de 2013

Amar, amor (...)

Amar é muito mais que falar de amor...

É simplesmente, traduzir em ações,

As belas frases que são ditas.
É ter a consciência
De que em meio as flores, existem espinhos.
É enxergar o que há por dentro.
É ser terno, e digno.
Respeitar enfim.
Amar é olhar pra si, e enxergar o outro.
É ser sensato, e mesmo que se veja distante,
Não se desesperar.
Entender o tempo enfim.
Amar é bem mais que beijo...
É a verdade de um olhar.
Enfim, para amar, é preciso ter amor.
Amor mesmo. Não um amor por amar,
Por ter. Um amor que te faça crescer,
Ser transparente, e entender a realidade,
Por mais que não o agrade.
Se você compreende as minhas palavras,
Com certeza ama, e ama, de verdade!

13 de out de 2013

Pare, Pense!

As vezes é preciso um choque de realidade,
Pra seguir caminhando em paz.
Eu senti isso, e entendi.
Não adianta ir, sem olhar pra trás.
Falar sem medir as palavras.
Agir sem pensar.
É preciso humildade,
E reconhecer os erros.
Quase me perdi.
Fui vítima de mim mesma. 
Da falta de atenção.
Mas fui salva.
Deu tempo...
As lágrimas que caem dizem isso.
Uma prova ai está.
Então pare.
Hesite por um momento.
Silencie, e converse consigo.
Será que eu estou realmente certo?
Será que sou injusto?
Tirano?
As respostas virão naturalmente.
E o tão soberano tempo, trará
A chance de escrever uma nova história...
Basta querer,
Ter fé,
Deletar o antes, e viver o agora construindo o depois
Da maneira mais simples, e enxergando o verdadeiro caminho:
DEUS!

8 de out de 2013

A força da emoção (...)


Há uma força em mim,
Que me leva de forma impercebível,
Que me atrai...
Uma força que me faz acreditar,
Superar, e continuar amando.
Um sentimento terno e duradouro,
Que depois de tudo, ainda vive em mim.
Cada olhar, cada gesto,
É uma chance de reviver o que foi bom.
Decidi me entregar de vez.
Não adianta achar que seus erros,
São capazes de te apagar do meu eu.
Mesmo em meio aos defeitos,
Foi o único que me fez sorrir de verdade.
Eu vejo que consigo encarar tua imperfeição.
Também sou imperfeita.
Eu não quero mais chorar porque perdi.
Eu quero chorar de felicidade, por te ter.
Meus olhos cansaram da escuridão, e querem luz.
A voz do meu coração não se cala,
A minha mente se convence, e o resultado,
É te entregar o que sempre foi seu...
O meu amor!

7 de out de 2013

Súplica (...)

Eu queria tanto esquecer o que passou...
Eu queria poder caminhar em paz.
Poder ser livre.
Mas não está sendo assim.
Desde o acordar até o fechar dos olhos pra dormir,
Suas palavras, as lembranças, e o seu adeus,
Movem meus pensamentos.
Não consigo tirar você de mim.
Estou fraca.
Estou chorando.
Eu quero levantar-me, mas o passado não deixa.
Eu quero poder continuar o meu caminho.
Preciso me refazer, me recompor,
E viver sem essa triste dor...

6 de out de 2013

Me rendo (...)

Trago em mim,
A pureza de um sentimento,
A alegria dos meus dias,
A doce rotina do que era te ter...
Me vejo pensando, e vem o teu jeito...
Aquele sorriso, aquele abraço,
Aquela presença que me fazia vibrar.
Por cada canto do meu lugar,
Por cado canto do meu eu,
É possível encontrar seus vestígios,
Suas marcas, seu amor.
Essas lembranças cravadas em mim,
Me remetem a ser vulnerável a você.
Viver do que passou não é viver,
Mas viver o que vivemos, é minha saída.
Perdoo-te e me rendo. Desisto de esquecer.
É mais forte, mais que eu...
Tão puro quanto o seu olhar.
Preciso ter comigo mais uma vez,
Aquele timbre suave da tua voz,
Dizendo-me 'te amo'.
Aqui e agora declaro: Meu coração só sabe te amar,
Se entregar e te querer sem medidas...
Pra curar esse imenso vazio, que é viver
Sem você...


Definição dos sentimentos, canção apaixonante...
Épico: Wanessa Camargo ~Não resisto à nós dois

3 de out de 2013

Ventos de paz (...)


Medos, erros,
Lágrimas, dores...
Sentimentos negativos, 
Que pouco a pouco, vão sendo retirados de mim.
A cada dia, meus gestos, minhas palavras,
Declaram a nova fase.
Sorriso é cartão de visita, e a lei é erguer a cabeça.
No embalo desses ventos, 
Cada sopro é uma voz que diz ''Livre''.
Sinal de que meu coração e minha mente,
Estão em total harmonia.
Estão emfim de bem.

Meu suspiro é de alívio, e de alegria.
A dúvida que tanto corroía, se some impercebivelmente,
Dando lugar a certezas que definem o que devo seguir.
Certeza de que posso ir,
Evoluir,
Arriscar...

Sou como um cristal. Preciso tomar-me de conta,
E não deixar quebrar-me,
Despedaçar-me.
Tudo na vida passa.
E aqueles sentimentos negativos que afligiam meu coração,
Vão-se indo com o mesmo vento, que traz a minha paz... 

1 de out de 2013

As marcas do coração (...)

Já não sei mais o rumo,
O caminho mais seguro.
Tudo parece escapar-se de mim,
Como a água que se escorre das mãos.
Já não consigo a verdade das palavras,
A sinceridade no olhar...
Não alcanço mais o que quero,
Se meu querer é te alcançar.
Não pode me alcançar, se o que quer,
É ter-me pra você.
Perdi o fio da meada, a estrada certa
Pra esse tal caminho.
Perdi a mim mesma, e não consigo continuar...

Não sei o que se passa em seus pensamentos.
Não consigo mais traduzir.
E mesmo assim,
Não posso deixar tudo pra trás.

Não dá mais! Não há tempo!

Sinto-me como um papel amassado,
Formada por marcas inapagáveis.
Sentimentos, momentos
Que de mim não saem.
Por mais que a razão
Te afaste de mim,
A emoção me leva ao extremo
De te querer,
De te entregar o que tenho de mais puro...

© Blog Personalizado - Blog Tweed - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thaís Oliveira.
Tecnologia do Blogger.