18 de fev de 2014

Silencie (...)

Preciso de paz, retirar-me.
Já falei mais do que devia,
Já agi muito sem pensar.
Feri a mim mesma, e feri quem me amava.

Preciso me encontrar,
De um rumo, de direção.
Não adianta modificar o passado,
Ele jamais voltará.
Fazer apagar, palavras que já foram ditas.

Nesse momento,
Me restam as lágrimas que escorrem,
Declarando minha culpa.
Além de imperfeita, ainda não me calo.

Aprende agora menina: SILENCIE!
Ouça o tempo, ouça o vento, ouça Deus.
Seu barulho, irá privá-la dessas dádivas da vida.
Silencie, e permita-se esperar.
Silencie. Xiu!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog Personalizado - Blog Tweed - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thaís Oliveira.
Tecnologia do Blogger.